Ser Associado





10 RAZÕES PORQUE UMA ASSOCIAÇÃO DE PAIS DEVE SER ASSOCIADA DA CONFAP

  1. Fazer parte do Movimento das Associações de Pais (MAP) e poder participar em tudo o que este Movimento organiza;
  2. Ter acesso a toda a informação que a CONFAP faz chegar aos seus associados;
  3. Ser mais alguém que pode falar, exigir, propor, etc., dentro de uma estrutura organizada, que tem acesso e é ouvida em todas as questões que dizem respeito à educação, junto da Assembleia da República e diretamente junto do MEC e Direções Regionais de Educação;
  4. Beneficiar de apoio no esclarecimento de dúvidas;
  5. Ter acesso mais fácil a pessoas que melhor podem informar as Associações de Pais sobre tudo o que preocupa os pais com filhos na Escola;
  6. Beneficiar de parcerias e protocolos assinados pela CONFAP com entidades diversas;
  7. Beneficiar de formação e outras ações patrocinadas pela CONFAP ou estruturas regionais/concelhias;
  8. Beneficiar dos direitos consagrados nos estatutos da CONFAP e participar no seu Conselho Geral através das estruturas concelhias e regionais;
  9. Colaborar para que o Movimento Associativo de Pais seja mais forte na comunidade educativa;
  10. Participar, de forma organizada, nos Conselhos Municipais de Educação e outros órgãos locais, tais como, Conselho Municipal de Segurança, Conselho Local de Ação Social, Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, Rede Social, entre outras, através das estruturas concelhias.

Todos os anos, até ao dia 1 de março, devem:

  • Enviar por e-mail ou correio cópia da ata de eleição ou posse dos órgãos em exercício;
  • Liquidar a quota anual de 5,00€ por cheque à ordem de CONFAP ou por transferência bancária para o IBAN PT50.0018.0008 04475520020.75 s/Santander Totta, devendo o respetivo comprovativo ser remetido para geral@confap.pt
    * No ano de admissão na CONFAP, os associados ficam isentos de pagamento da quota.

COMO SER ASSOCIADO DA CONFAP

Preencher o Formulário de Admissão e enviar por e-mail com cópias dos seguintes documentos:

  • Publicação dos Estatutos;
  • Cartão de Pessoa Coletiva ou documento equiparado;
  • Ata de eleição ou posse dos órgãos sociais em exercício.
  • Boletim de Admissão (Link)
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Imprimir