Transição Digital na Educação, Sucesso ou Fracasso?

A pandemia trouxe-nos muitas alterações e muitas foram as adaptações que se revelaram necessárias, kits tecnológicos foram distribuídos pelos alunos, professores a darem aulas à distância e de um momento para o outro começou-se a falar do Plano de Transição Digital nas escolas

Procurando envolver toda a comunidade escolar, os projetos educativos foram sendo adaptados com base em metas exequíveis e adequadas.
Reforçou-se o debate sobre a importância do digital e, que forma, mesmo em tempo de pós pandemia com o regresso ao ensino presencial, poderia ser utilizado no processo pedagógico.
Digital sim ou não? De que forma?
A importância do digital e da necessidade dessa transição digital tem, como em tantos outros assuntos, várias perspetivas, nomeadamente daqueles pais que consideram que os filhos passam demasiado tempo em frente de ecrãs ou, mesmo, dos professores que não se adaptaram como era esperado, mas que se esforçam diariamente para poder manter a qualidade do ensino administrado e alunos que com maior destreza ou adaptação passaram dos manuais de papel para o digital.
Será que estamos perante um sucesso ou um fracasso neste processo de transição digital que a maioria reconhece como fundamental para a evolução do processo pedagógico?
Procurando contribuir para uma reflexão séria sobre o assunto, trouxemos um conhecedor nesta matéria para nos ajudar. O nosso convidado é o professor Marco Bento, professor na Escola Superior de Educação de Coimbra e coordenador do Projeto SUPERTABi Maia.

Convidamo-lo a estar presente e a divulgar esta sessão que terá lugar no próximo dia 26, pelas 21h30, na Plataforma ZOOM.

Para participar, basta efetuar a sua inscrição, através do formulário https://forms.gle/28N4jbpqFAerTYHQ6

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on print
Imprimir